Como trazer inovação de forma sustentável para a sua empresa

Para 2015, uma grande tendência é a inovação sustentável. E é possível criar não somente novos negócios criativos e sustentáveis, mas também adequar uma empresa para seguir esta filosofia sem que ela deixe de ser competitiva.

Constantemente, a questão da competitividade é usada como desculpa para não haver investimentos em sustentabilidade para as empresas e seus produtos. No entanto, para Porter Van Der Linde, os padrões ambientais podem ser fomentadores de inovação, diminuir custos e agregar valor para a empresa. Com isso, a inovação sustentável torna a empresa mais competitiva, e não o contrário.

O que é uma empresa sustentável?

2015 está chegando, então que tal colocar colocar em pauta a sustentabilidade? Mas antes de começar a pôr em prática iniciativas sustentáveis, é importante ter bastante clareza do que isso significa. Uma inovação sustentável é aquela que agrega valor para a empresa, preocupando-se com as gerações futuras. Sabemos que cada vez mais nossa sociedade exige uma postura responsável por parte das empresas, e no próximo ano essa exigência irá aumentar. Uma empresa sustentável deve atender aos três seguintes pontos, em qualquer uma de suas ações:

Social

É a preocupação com o capital humano (funcionários, público consumidor, população impactada com a empresa, etc). Deve-se pagar salários justos, preocupar-se com o bem-estar dos funcionários e com a saúde de quem vai consumir o bem ou serviço. Também é importante tomar ações responsáveis para melhorar as mazelas da sociedade, proporcionando educação, saúde e demais benefícios para as pessoas.

Ambiental

É a preocupação com o capital natural da sociedade. Aqui ficam as chamadas ações verdes. Deve-se criar ações, processos e produtos que minimizem possíveis impactos ambientais negativos, visando uma melhor preservação dos recursos naturais. Por exemplo, uma empresa produtora de papel e/ou móveis deve ter uma política para reflorestamento e usar árvores plantadas para tal finalidade. Uma empresa produtora de automóveis deve se preocupar em criar carros que emitam menos carbono e usem recursos limpos como combustível.

Econômico

Trata-se da parte econômica da empresa, aliada a economia de toda uma sociedade. Sob este tema, é analisada a capacidade da empresa de se sustentar, gerar lucro e ainda leva-se em conta a distribuição de bens de consumo e recursos. Basicamente, uma empresa que lucra devastando na realidade não lucra, gera prejuízo.

Como trazer inovação de forma sustentável para a sua empresa em 2015

Encare o respeito às normas como oportunidade

Neste passo, a empresa deve adotar como prática as boas recomendações e conformidades sustentáveis antes mesmo que elas sejam impostas pela lei. As organizações que enxergam as oportunidades nas recomendações de boas práticas ganham mais tempo em pesquisa e saem na frente da concorrência com produtos de qualidade. Um exemplo de empresa que enxergou oportunidade nas recomendações de boas práticas foi a Hewlett-Packard. Em 1990, ela previu que as soldas de chumbo seriam banidas e criou uma solda menos poluente e mais resistente.

Torne a cadeia de valor sustentável

Trata-se de gerir toda a cadeia de produção – desde os fornecedores até o setor de varejo – para que se evitem desperdícios e ações poluentes, produzindo bens amigáveis ambientalmente e socialmente. A empresa que se preocupa com a sua cadeia produtiva ganha uma boa imagem perante a sociedade e lucra com novas oportunidades de negócio.

Crie produtos e serviços sustentáveis

Neste estágio, a empresa passa a inovar em seus produtos e serviços. Geralmente, ao seguir os dois passos anteriores, os executivos já enxergam a grande demanda por produtos e serviços sustentáveis e conseguem ver o valor da inovação sustentável para a empresa.

Pense em novos modelos de negócios

Neste estágio, a empresa já se encontra à frente das demais em inovação sustentável, chegando a mudar o seu modelo de negócio. As empresas que não investiram neste setor já se sentem ameaçadas e a sua empresa verde torna-se referência no mercado.

Crie plataformas de “próximas práticas”

Aqui, a empresa já é uma autoridade em sua área de negócio e pode questionar toda a indústria sob a ótica da inovação sustentável. Com isso, ela se encontra apta a criar novas plataformas de negócio.

Quer saber mais sobre o tema?

A Descola criou um curso muito bacana sobre o tema sustentabilidade. Um curso leve que mostra como a sustentabilidade é muito mais profunda do que economizar água e reciclar o lixo. Que tal fazer esse curso agora de forma gratuita?
http://www.descola.org/curso/5/desconstruindo-a-sustentabilidade


Seguindo esses passos, tanto a sua empresa quanto a sociedade vão lucrar muito com a sustentabilidade. Mas afinal, você tem ideias de negócios inovadores e sustentáveis? Então comente!

Comentários (01)

Comentar